sobre

ENGENHARIA ESTRUTURAL

Os Engenheiros de Estruturas concebem e projetam estruturas. Pontes, barragens, portos, túneis, arranha-céus e edifícios são exemplos de estruturas que sustentam a atividade humana e contribuem para a sociedade tal como a conhecemos. A maioria das estruturas é tecnicamente desafiadora e leva a engenharia aos limites. Estas são frequentemente sujeitas a eventos extremos, como terremotos, tempestades, explosões e incêndios, ou expostas a ambientes severos, seja devido à exposição a agentes quimicamente agressivos ou a temperaturas, humidade ou condições de pressão extremas. Para analisar, projetar e gerir com segurança estruturas eficientes e modernas, o engenheiro de estruturas usa uma variedade de métodos avançados de análise estrutural.

sobre

STREMUM

O Mestrado em Engenharia Estrutural da Universidade do Minho (STREMUM) oferece formação de classe mundial a potenciais estudantes em busca de um programa de pós-graduação internacional desafiador.

STREMUM responde aos desafios atuais das sociedades modernas, especializando-se em diferentes domínios da Engenharia Estrutural, hoje em dia de grande relevância, tanto para a indústria como para as sociedades.

 

University of Minho Structural Engineering Master

 

Sobre o programa 

O programa combina uma base comum de cursos gerais com cursos aplicados e de investigação relacionados com a área de especialização selecionada. Ao longo do curso, os estudantes terão ainda oportunidade de trabalhar em projetos práticos de aplicação, baseados em casos de estudo ou trabalhos de campo, para uma consolidação efetiva do conhecimento adquirido.

Uma vez que, na realidade atual, os Engenheiros Estruturais necessitam de ser proficientes, não apenas tecnicamente, mas também na forma como comunicam e nas suas relações socioprofissionais, o programa apresenta ainda uma forte componente sociocultural, potenciadora das habilidades sociais dos estudantes.

Os estudantes que pretendam finalizar o seu programa de estudos noutra instituição poderão aproveitar os inúmeros protocolos de cooperação já celebrados com vários estados membros da UE e instituições internacionais de ensino, ou com quaisquer outras instituições com as quais, a pedido do aluno, se pode facilmente estabelecer novos protocolos de cooperações. Em particular, o programa Erasmus+ oferece bolsas de mobilidade para um período de estudos em outras instituições europeias. Para mais informações, consulte o Gabinete de Relações Internacionais da Universidade do Minho.

Língua Oficial 
  • A língua oficial do programa é o Português. No entanto, os estudantes terão oportunidade de experienciar um ambiente verdadeiramente internacional e multicultural. A cidade de Guimarães possui fortes raízes culturais e um significado histórico extremamente relevante, testemunhado pela sua classificação como Património Mundial da UNESCO.
  • A hospitalidade de seus moradores também é reconhecida, sempre ávidos por compartilhar a riqueza da arquitetura e gastronomia de Guimarães com os seus visitantes.
Mais Informação

Sobre Nós

O programa STREMUM é organizado pelo Departamento de Engenharia Civil da Universidade do Minho, que está localizado na Escola de Engenharia, no Campus de Guimarães. A Escola de Engenharia e a Universidade do Minho são internacionalmente reputadas pela elevada qualidade das suas atividades científicas e de formação, tendo impacto significativo em diversas áreas da Engenharia. De acordo com alguns dos rankings internacionais mais reputados, o Departamento de Engenharia Civil está no top 150 mundial nas áreas científicas de Engenharia Civil e Estrutural.

Apesar de ser uma instituição ainda jovem, o Departamento de Engenharia Civil da Universidade do Minho construiu e consolidou um papel de destaque no panorama nacional e internacional. O ambiente de aprendizagem é fortemente influenciado por um amplo envolvimento do corpo docente em atividades de investigação, e o grupo encontra-se fortemente comprometido com uma estratégia dinâmica de investigação e inovação, apoiada pelo centro de investigação ISISE e pelas instalações laboratoriais do LEST.

O ISISE é o centro de investigação de excelência que acolhe a investigação realizada por todos os membros envolvidos no programa, os quais pertencem ao Departamento de Engenharia Civil da UMinho.

A Escola de Engenharia encontra-se localizada na cidade de Guimarães. A maioria dos departamentos e laboratórios de engenharia localizam-se aqui.

O LEST é o Laboratório de Estruturas. É ele que proporciona os meios necessários à condução das atividades de investigação e ensino do grupo.

A UMinho é a instituição de acolhimento mãe. Esta encontra-se dividida em dois Campus principais, um em Braga, o outro em Guimarães.

SOBRE O MESTRADO EM ENGENHARIA ESTRUTURAL DA UNIVERSIDADE DO MINHO

sobre o

PROGRAMA

Descrição Geral

O mestrado STREMUM pode ser frequentado em regime de tempo integral, tendo a duração de 2 anos ou 4 semestres. A carga letiva é equivalente a 120 ECTS (European Credit Transfer System). Se o candidato já possuir um grau superior de 4 ou 5 anos, a duração do programa pode ser reduzida até 3 semestres (sujeito a uma análise individual do histórico do aluno).

O programa tem uma estrutura modular, em que cada módulo tem uma duração de aproximadamente 3 semanas. No total, os estudantes frequentam 5 módulos por semestre, durante o primeiro, segundo e terceiro semestres. Os estudantes participam ainda nos Projetos Integrados paralelos, por meio dos quais têm oportunidade de, de forma integrada, aplicar os conceitos aprendidos nos cursos modulares e consolidar as competências adquiridas.

Requisitos de Admissão

Os estudantes que se desejem inscrever no programa STREMUM deverão possuir uma Licenciatura em Engenharia Civil ou qualificações equivalentes.

PLANO CURRICULAR

Cada curso envolve uma carga de trabalho de 140 horas e representa 5 ECTS, com exceção da Dissertação, que envolve uma carga horária de 840 horas e representa 30 ECTS.

X


1º Semestre

ANÁLISE ESTRUTURAL

Objetivos de Aprendizagem:

  • Obter conhecimentos sólidos de análise estrutural, com especial enfoque no método dos deslocamentos; modelação estrutural, com especial incidência em edifícios, por recurso a programas de cálculo automático (análise e interpretação de resultados); análise crítica do comportamento de estruturas utilizando programas baseados no método dos elementos finitos (MEF) considerando comportamento linear-elástico para os materiais.

(Ver Mais | Download .pdf)

ESTRUTURAS DE BETÃO I

Objetivos de Aprendizagem:

  • Descrever e explicar o comportamento do betão armado quando sujeito a esforços de tração, compressão, flexão simples, flexão composta, corte ou torção;
  • Distinguir e descrever o comportamento de um elemento estrutural de betão armado em fase de serviço e em fase de rotura;
  • Avaliar o comportamento global de uma estrutura de betão armado, tendo em conta os diferentes tipos de ações a que esta está sujeita, a sua mobilidade horizontal e o efeito das imperfeições geométricas;
  • Utilizar os Eurocódigos estruturais para o dimensionamento de elementos de betão armado;
  • Dimensionar tirantes, escoras, vigas e pilares de betão armado;
  • Avaliar e quantificar o comportamento em serviço de um elemento de betão armado com base no estudo da respetiva fendilhação e deformação.

(Ver Mais | Download .pdf)

ESTRUTURAS METÁLICAS 

Objetivos de Aprendizagem:

  • Compreender os conceitos relacionados com o comportamento de estruturas metálicas;
  • Distinguir e avaliar as vantagens ou desvantagens da utilização de elementos estruturais metálicos em situações reais;
  • Analisar e dimensionar elementos estruturais metálicos quando inseridos numa estrutura global.
  • Identificar e distinguir os vários tipos de instabilidade elástica de elementos metálicos;
  • Analisar e dimensionar componentes de estruturas metálicas tais como, vigas, pilares, tirantes, etc. contabilizando o efeito combinado dos vários tipos de esforços atuantes e das instabilidades que podem ocorrer;
  • Entender e aplicar as principais disposições e modelos regulamentares referentes à análise, dimensionamento e pormenorização de estruturas metálicas;
  • Calcular ligações metálicas soldadas e aparafusadas;
  • Projetar estruturas metálicas correntes.

(Ver Mais | Download .pdf)

FUNDAÇÕES

Objetivos de Aprendizagem:

  • Adquirir uma visão global da conceção dos diferentes tipos de fundações.
  • Conhecimento sobre a regulamentação europeia de caracterização geotécnica e de dimensionamento geotécnico, específica para as fundações.
  • Compreender e aplicar os conhecimentos teóricos e regulamentares na análise e dimensionamento de fundações;
  • Compreender e saber efetuar a modelação numérica de problemas de interação solo-estrutura;
  • Aplicar métodos de cálculo ao dimensionamento de microestacas;
  • Capacidade de exposição escrita e oral.

(Ver Mais | Download .pdf)

MODELAÇÃO DE INFORMAÇÃO NA CONSTRUÇÃO (BIM) PARA ENGENHEIROS DE ESTRUTURAS

Objetivos de Aprendizagem:

  • Compreender o conceito de BIM e os conceitos associados de IFC, IDM, MVD, IPD, 4D,5D,6D, BimWash;
  • Saber identificar as vantagens de utilização de práticas BIM;
  • Conhecer as atuais entidades que emitem recomendações internacionais e o contexto nacional BIM;
  • Noção da forma como o BIM pode ser implementável na indústria AEC, com conhecimento das limitações e potencialidades inerentes ao estado atual do mercado, da regulamentação e da tecnologia;
  • Ser capaz de aplicar software BIM para realização de modelo da especialidade de Estruturas, com capacidade de interoperabilidade com as restantes entidades envolvidas em projeto.

(Ver Mais | Download .pdf)

PROJETO INTEGRADO I

Objetivos de Aprendizagem:

  • Integrar e consolidar os conhecimentos adquiridos ao longo do curso;
  • Realizar um projeto de estruturas de uma determinada tipologia (construção nova, reabilitação ou reforço estrutural): conceção, análise, dimensionamento, pormenorização e especificações.

(View More | Download .pdf)

2º Semestre

ESTRUTURAS MISTAS EM AÇO E BETÃO

Objetivos de Aprendizagem:

  • Compreender os conceitos básicos relacionados com o comportamento de estruturas mistas em aço e betão;
  • Distinguir e avaliar as vantagens ou desvantagens da utilização de elementos estruturais de aço ou elementos mistos aço-betão em situações reais;
  • Analisar e dimensionar elementos estruturais mistos aço-betão quando isolados e quando inseridos numa estrutura global;
  • Entender e aplicar as principais disposições e modelos regulamentares referentes à análise, dimensionamento e pormenorização de estruturas mistas em aço e betão;
  • Calcular ligações entre elementos metálicos e elementos de betão;
  • Projectar estruturas mistas em aço e betão correntes.

(Ver Mais | Download .pdf)

ESTRUTURAS DE BETÃO II

Objetivos de Aprendizagem:

  • Projetar os elementos estruturais de um edifício de betão armado.
  • Modelar, analisar e dimensionar lajes unidirecionais, bidirecionais, fungiformes e pré-fabricadas.
  • Dimensionar estruturas de betão armado pré-esforçadas isostáticas.

(Ver Mais | Download .pdf)

ESTABILIDADE DE TALUDES, ESCAVAÇÕES E ESTRUTURAS DE CONTENÇÃO 

Objetivos de Aprendizagem:

  • Compreender e saber aplicar os diferentes métodos de avaliação da estabilidade de taludes em solos e rochas;
  • Identificar os diferentes modos de rotura em aterros e aplicar a metodologia apropriada a cada um deles.
  • Interpretar os resultados da aplicação de métodos analíticos e numéricos na avaliação da estabilidade de taludes.
  • Compreender os métodos de análise de estabilidade de escavações e os diferentes tipos de estruturas de suporte.
  • Desenvolver habilidades de cálculo avançado para a análise da estabilidade e o dimensionamento dessas diferentes estruturas.

(Ver Mais | Download .pdf)

ESTRUTURAS DE ALVENARIA E MADEIRA

Objetivos de Aprendizagem:

  • Demonstrar as potencialidades da utilização da alvenaria e madeira como materiais estruturais, quer em ações de reabilitação quer em construções novas. Desenvolver competências para a análise, dimensionamento e projeto de estruturas de alvenaria e madeira, de acordo com a nova regulamentação europeia, em particular os Eurocódigos 5 and 6.

(Ver Mais | Download .pdf)

DINÂMICA ESTRUTURAL E ENGENHARIA SÍSMICA

Objetivos de Aprendizagem:

  • Compreender o fenómeno sísmico e identificar as principais características dos sismos;
  • Descrever e caracterizar a resposta dinâmica e sísmica de sistemas equivalentes a um grau de liberdade;
  • Descrever e caracterizar a resposta dinâmica e sísmica de sistemas de múltiplos graus de liberdade;
  • Explicar a análise sísmica de estruturas por meio de espectros de resposta;
  • Reconhecer, descrever e aplicar a conceção estrutural sismo-resistente, os diversos métodos de análise e as disposições regulamentares à análise sísmica de estruturas correntes.

(Ver Mais | Download .pdf)

PROJETO INTEGRADO II

Objetivos de Aprendizagem:

  • Integrar e consolidar os conhecimentos adquiridos ao longo do curso.
    Realizar um projeto de estruturas de uma determinada tipologia (construção nova, reabilitação ou reforço estrutural) incluindo: (1) conceção; (2) análise; (3) dimensionamento; (4) pormenorização e especificações.

(Ver Mais | Download .pdf)

3º Semestre

REPARAÇÃO E REFORÇO

Objetivos de Aprendizagem:

  • Identificar e propor as técnicas mais adequadas para reparar/reforçar estruturas de betão;
  • Identificar e propor as técnicas mais adequadas para reparar/reforçar estruturas metálicas;
  • Identificar e propor as técnicas mais adequadas para reparar/reforçar estruturas de alvenaria;
  • Identificar e propor as técnicas mais adequadas para reparar/reforçar estruturas de madeira;
  • Identificar e propor as técnicas mais adequadas para reparar/reforçar fundações;
  • Definir e comparar técnicas tradicionais e modernas (a nível material ou estrutural).

(Ver Mais | Download .pdf)

PONTES

Objetivos de Aprendizagem:

  • Esta unidade curricular sintetiza diferentes conteúdos, adquiridos durante o curso, e aplica‐os ao caso particular de pontes. Ao mesmo tempo, será possível aprender alguns conceitos e metodologias específicas, a maioria aplicável a outro tipo de estruturas. Os objetivos gerais desta unidade abrangem o planeamento, dimensionamento, processos construtivos, controlo de qualidade na construção, observação, instrumentação e inspeção, reabilitação, reforço e recondicionamento de pontes. Em particular, é assumido que o aluno deverá saber, no final da unidade, como dimensionar uma ponte rodoviária, com vão ate 50 m, e comprimento total de 400 m, e quais os processos construtivos utilizados em pontes.

(Ver Mais | Download .pdf)

ANÁLISE EXPERIMENTAL, INSPEÇÃO E MONITORIZAÇÃO

Objetivos de Aprendizagem:

  • Identificar e descrever as técnicas de ensaios laboratoriais e de inspeção e diagnóstico estrutural in situ;
  • Identificar e explicar os princípios dos ensaios e métodos de inspeção e diagnóstico; Realizar trabalhos de inspeção estrutural;
  • Usar e interpretar resultados de trabalhos experimentais laboratoriais e de inspeção e diagnóstico de estruturas in situ;
  • Conhecer sistemas e técnicas de monitorização estrutural e técnicas de processamento e análise de dados.

(Ver Mais | Download .pdf)

PROJETO INTEGRADO III

Objetivos de Aprendizagem:

  • Integrar e consolidar os conhecimentos adquiridos ao longo do curso.
    Realizar um projeto de estruturas de uma determinada tipologia (construção nova, reabilitação ou reforço estrutural): conceção, análise, dimensionamento, pormenorização e especificações.

(Ver Mais | Download .pdf)

OPÇÃO 1*

OPÇÃO 2*

(*) os estudantes selecionarão um domínio de especialização que envolve duas unidades curriculares optativas.

4º Semestre

DISSERTAÇÃO

(Ver Mais | Download .pdf)

Domínios de Especialização

ESTRUTURAS INTELIGENTES

  • Opção 1: Materiais inteligentes para sistemas estruturais.
  • Opção 2: Estratégias inteligentes de reabilitação e reforço.

ESTRUTURAS ECO-EFICIENTES

  • Opção 1: Novos materiais e inovação na construção.
  • Opção 2: Análise de ciclo de vida e sustentabilidade.

AVALIAÇÃO E GESTÃO DE RISCO E EVENTOS EXTREMOS 

  • Opção 1: Dimensionamento sísmico baseado em desempenho.
  • Opção 2: Gestão de risco e fiabilidade.

ANÁLISE ESTRUTURAL AVANÇADA E DIMENSIONAMENTO

  • Opção 1: Efeitos dependentes do tempo, colapso e durabilidade.
  • Opção 2: Análise estrutural não-linear.

GEOTECNIA

  • Opção 1: Interação terreno-estrutura e engenharia sísmica.
  • Opção 2: Melhoramento de solos e engenharia ambiental.

Desenvolvimento Profissional Contínuo

para profissionais

Desenvolvimento e Atualização Profissional

Cursos modulares

Pensando nos profissionais que ocupam cargos exigentes, os quais obrigam a formação e atualização profissional contínua de alta qualidade, o programa STREMUM oferece a possibilidade de frequentar, individualmente, as unidades curriculares do programa. Além disso, serão ainda disponibilizados anualmente cursos especializados. Entre em contacto connosco para saber mais sobre estes eventos.

Certificados de participação

O programa STREMUM concede certificados de participação aos profissionais que frequentem os seus cursos. Esses certificados, de complemento curricular, incluem a descrição do número de unidades de crédito associado à(s) unidade(s) curricular(es) frequentada(s).

Viver e Estudar em Guimarães

Planeie a sua estadia

É provável que necessite de um visto ou de uma autorização de residência durante a sua estadia. Um visto demora normalmente entre dois a três meses a ser obtido.

Tipicamente, é muito fácil encontrar o local certo para ficar em Guimarães. Os preços são moderados no contexto nacional e europeu e é fácil encontrar alojamento próximo do campus. Visite por favor a página do Serviço de Relações Internacionais da Universidade do Minho para obter mais detalhes.

Instalações desportivas e outras atividades

A Universidade do Minho possui um conjunto de instalações desportivas de alta qualidade, localizadas principalmente nos dois pavilhões desportivos dos campus de Guimarães e Braga. Se gosta de atividades ao ar livre, a cidade de Guimarães encontra-se cercada por montanhas e colinas que são perfeitas para caminhadas e para a prática de desportos de montanha. A prática de desportos de mar e praia encontra-se a uma distância de 30 minutos de carro.

Os estudantes podem participar em diversas atividades desportivas individuais ou de equipa, bem como utilizar todas as instalações desportivas disponíveis. Visite por favor a página do Serviço de Relações Internacionais da Universidade do Minho para obter mais detalhes.

Ambiente cultural

A cidade de Guimarães está historicamente associada à fundação e identidade da nacionalidade portuguesa, sendo conhecida como o “berço da nacionalidade portuguesa”. A cidade foi fundada no século IX, época em que foi chamada Vimaranes. Em 1128, em consequência de uma série de acontecimentos políticos e militares marcantes, dá-se a independência e o nascimento de uma nova nação em Guimarães, razão pela qual numa das torres da antiga muralha da cidade está escrito “Aqui Nasceu Portugal”.

Guimarães
Guimarães

Guimarães é uma cidade de tamanho médio, com uma população de cerca de 160.000 habitantes. Embora não seja grande, Guimarães é muito acolhedora e tem uma vida cultural excitante, com vários museus, monumentos, associações culturais, galerias de arte e festas populares. É conhecida como uma das cidades mais jovens da Europa, juntamente com a cidade vizinha de Braga, com metade da sua população com menos de 30 anos. A presença da Universidade contribui muito para esta realidade. O centro da cidade é muito animado, com restaurantes premiados internacionalmente e diversos bares onde os amigos se encontram ao final da tarde e à noite. Guimarães foi Capital Europeia da Cultura em 2012.

Links interessantes:

Conheça a Nossa Equipa e o Nosso Trabalho

conheça

O CORPO DOCENTE

Todos os membros da equipa pertencem a uma unidade de investigação de renome, o ISISE.

ISISE significa “Instituto para a Sustentabilidade e Inovação em Engenharia Estrutural”. O ISISE é uma Unidade de Investigação, Desenvolvimento e Inovação formada em 2007 envolvendo as universidades de Coimbra e do Minho. No último Exercício de Avaliação das Unidades de Investigação Portuguesas (2008-2013), o ISISE foi classificado como Excelente (top 20% das Unidades de Investigação em Portugal).

António Gomes Correira

Professor Catedrático
Geotecnia
[Mais Informação]

Joaquim A. O. Barros

Professor Catedrático
Estruturas
[Mais Informção]

Paulo B. Lourenço

Professor Catedrático
Estruturas
[Mais Informação]

Daniel V. Oliveira

Professor Associado
Estruturas
[Mais Informação]

José Sena-Cruz

Professor Associado
Estruturas
[Mais Informação]


Eduardo B. Pereira

Professor Auxiliar
Estruturas
[Mais Informação]

Graça Vasconcelos

Professora Auxiliar
Estruturas
[Mais Informação]

Jorge Branco

Professor Auxiliar
Estruturas
[Mais Informação]

José Campos e Matos

Professor Auxiliar
Estruturas
[Mais Informação]

Isabel Brito Valente

Professor Auxiliar
Estruturas
[Mais Informação]

Miguel Azenha

Professor Auxiliar
Estruturas
[Mais Informação]

Salvador Dias

Professor Auxiliar
Estruturas
[Mais Informação]

Tiago Miranda

Professor Auxiliar
Geotecnia
[Mais Informação]

Vítor Cunha

Professor Auxiliar Convidado
Estruturas
[Mais Informação]

Joaquim Tinoco

Investigador
Geotecnia
[Mais Informação]

Nuno Mendes

Investigador
Estruturas
[Mais Informação]

Rui Marques

Investigador
Estruturas
[Mais Informação]

Rui A. Silva

Investigador
Estruturas
[Mais Informação]

Tiago M. Ferreira

Investigador
Estruturas
[Mais Informação]

conheça

OS ESTUDANTES

O programa está desenhado para receber estudantes de qualquer parte do mundo e fazê-los sentirem-se em casa, integrados num ambiente estimulante e multicultural. A cultura portuguesa também favorece a integração de estudantes dos países de língua portuguesa, sendo uma motivação adicional interessante para os estudantes que desejam adquirir conhecimentos culturais para uma futura integração em países de língua portuguesa.

SACH_Map

O mapa acima mostra o número e a origem geográfica dos estudantes internacionais que frequentaram recentemente o SAHC, o Mestrado Avançado em Análise Estrutural de Monumentos e Construções Históricas. Os estudantes chegam anualmente de diversas partes do mundo, contribuindo para um ambiente de aprendizado marcadamente internacional e multicultural.

conheça

OS NOSSOS ALUMNI

Viver um ano em Portugal e aprender sobre a cultura portuguesa e a engenharia estrutural, com um corpo docente totalmente comprometidas com o curso de mestrado, é definitivamente uma experiência única. Pode ler os comentários de ex-alunos aqui.

O Departamento de Engenharia Civil da UMinho tem um historial significativo na lecionação de educação e formação de alta qualidade em todos os campos da Engenharia Civil. Os líderes de algumas das mais proeminentes empresas de engenharia em Portugal obtiveram os seus 5 anos de licenciatura em engenharia pela Escola de Engenharia da UMinho.

Alguns casos de sucesso:

António Carlos RodriguesAntónio Carlos Rodrigues
Presidente do Conselho de Administração da Casais Engenharia e Construção

Uma referência no domínio da Construção Civil projetada através das infraestruturas que os profissionais desta Escola continuam a erigir pelo mundo fora e que vão, com certeza, servir a sociedade civil por muitos anos. O conhecimento desenvolvido nas diferentes áreas, como a edificação, infraestruturas urbanas e os sistemas de tratamento da água, revela se uma mais-valia para a Casais. O grande contingente de técnicos com origem nesta Escola é um trunfo que permite à nossa empresa alcançar uma posição de relevo nos 12 países onde operamos. De destacar também a extrema vantagem da cooperação obtida no desenvolvimento técnico, na investigação e nos testes e ensaios que realizamos com o suporte dos serviços do Departamento de Engenharia Civil da Universidade do Minho. A capacidade e qualidade de formação da Escola de Engenharia Civil vão continuar a ser fatores críticos de sucesso para o crescimento da Casais. Acreditamos, por isso, num futuro de crescente cooperação entre esta Escola e o nosso grupo empresarial.

Fernando de Almeida SantosFernando de Almeida Santos
Administrador Presidente do Grupo TABIQUE SGPS, SA / Presidente do Conselho Diretivo da Região Norte da Ordem dos Engenheiros

Como antigo aluno do curso de engenharia civil da Universidade do Minho entendo que esta é um referencial do ensino de engenha ria em Portugal. A Universidade do Minho soube, desde sempre e de forma evolutiva, ocupar um lugar de destaque e excelência no ensino superior. O departamento de engenharia civil, através do seu curso de engenharia civil, tem como grande mais valia a forte relação com o tecido empresarial e o conceito de gestão que integra o curso, incutindo nos alunos e futuros engenheiros civis conceitos técnico analíticos e de análise sistémica que lhes servirão para a toda a vida. Estes conceitos potenciam de forma impar no futuro engenheiro as suas capacidades de inovação e empreendedorismo e intervenção na sociedade.

José TeixeiraJosé Teixeira
Presidente do Conselho de Administração do grupo DST, S.A

O seu a seu dono: a dst é produto, hoje, da influência que o Curso de Engenharia Civil da Universidade do Minho teve e tem na nossa vida empresarial. A dst tem no seu quadro 158 Engenheiros Civis dos quais 126 fizeram a sua formação no Departamento de Engenharia Civil da Universidade do Minho. Sem esta Escola não seriamos o que somos. Temos Engenheiros Civis de outras Escolas mas a preparação dos formados nesta escola é poderosa.

Rui Dias FerreiraRui Dias Ferreira
Presidente do Conselho de Administração da VORTAL Connecting Business

O ensino de Engenharia Civil da Universidade do Minho, muito voltado para a inovação e para os aspetos mais económicos da Construção, e não apenas para as soluções estruturais, levou-me a desenvolver uma carreira voltada para a otimização dos processos de gestão e controlo com a utilização intensiva das Tecnologias de Informação. Este percurso veio a gerar o desenvolvimento de diversas soluções para a Indústria, hoje utilizadas em muitos países onde a engenharia Portuguesa está presente, e mais notavelmente no econstroi, o mercado eletrónico da Construção. Para este projeto da Vortal contribuíram igualmente inúmeras empresas da região, onde trabalham tantos e tão competentes Engenheiros formados na UM, bem assim como aqueles que trabalham na própria Vortal.

as nossas

COLABORAÇÕES

O Departamento de Engenharia Civil mantém uma relação estreita e produtiva com algumas das mais importantes empresas de engenharia civil em Portugal que operam em todo o mundo.

Atualmente estas empresas contribuem ativamente para a formação dos estudantes mais promissores, oferecendo-lhes bolsas de estudos e períodos de estágio nas suas organizações.

veja mais sobre nós

GALERIA

Convidamo-o a Visitar-nos

sobre

CANDIDATURAS

A seleção dos candidatos à matrícula no Ciclo de Estudos do STREMUM é efetuada pela Comissão Diretiva, tendo em consideração os seguintes critérios de seleção:

Poderá ainda, quando o júri de seleção julgar apropriado, ser realizada uma entrevista a cada um dos candidatos, sendo, neste caso, ponderado o resultado da entrevista na ordenação dos candidatos.

sobre

AVISOS E PORTAL DE CANDIDATURA

A formalização da candidatura deverá ser efetuado no portal: http://candidaturas.alunos.uminho.pt/home.aspx

Como chegar a Guimarães…

Guimarães situa-se na região noroeste de Portugal, a cerca de 350 km a norte da capital, Lisboa, e a cerca de 50 km da segunda maior cidade do país, o Porto.
O aeroporto mais próximo é o Aeroporto Internacional Francisco Sá Carneiro (OPO), localizado a norte do Porto e a cerca de 50 km de Guimarães.

De comboio:
Do aeroporto, e para além do serviço de táxi, pode optar pelo metro para chegar aos campus de Braga e Guimarães. Deverá apanhar a linha E que liga o Aeroporto ao Estádio do Dragão (linha violeta) e sair na estação de Campanhã, que dá acesso direto à Estação Ferroviária com o mesmo nome.
Quando chegar a Campanhã, deverá apanhar um comboio para Guimarães que demora aproximadamente 60 minutos e custa cerca de 3 euros. Pode consultar os horários dos comboios aqui ou através do telefone +351 808 208 208.

De autocarro:
Caso decida viajar de autocarro para a Universidade do Minho, pode encontrar informações sobre algumas das empresas que prestam serviços de viagem em:

É possível encontrar ainda serviços de transfer direto e de baixo custo entre o aeroporto e Guimarães (get Bus). Poderá obter mais informações aqui.

De carro:
Pode ainda optar por viajar de carro entre o aeroporto e Guimarães, num percurso com duração aproximada de 40 minutos, por autoestrada.

Entre em contacto

Connosco

Enviar mensagem 
Informação de contacto 

ESCOLA DE ENGENHARIA
Universidade do Minho

  • +351 253 510 213
  • Campus de Azurém
    4800-058 Guimarães
    PORTUGAL
    latitude: 41° 27' 6.85'' N
    longitude: 8° 17' 33.19'' W
http://www./wp-content/uploads/2015/09/imageBuilding-300x177.jpg
Hide Buttons